Um país novamente normal
O silêncio dos republicanos

O ovo do populismo

Portugal não tem ainda um movimento político populista de relevância e isso tem várias vantagens óbvias, incluindo uma para a ciência. Na verdade, uma das melhores formas de identificarmos as causas das coisas é estudar de perto as origens do fenómeno que ser quer compreender. Assim, se estivermos atentos ao que se passa nos dias que correm, poderemos compreender melhor o fenómeno do populismo, se ele se vier a desenvolver. E o que vemos hoje? Vemos o pouco populismo que há como reacção ao "políticamente correcto", à imigração, à insegurança, à perda de empregos? Nada disso. O que vemos é um conjunto de "intelectuais" a escrever nos jornais e redes sociais coisas cada vez mais radicais, mas inaceitáveis, mais espúrias e desajeitadas, tendo como objectivo a conquista de espaço público, de um espaço que sirva de base para um dia chegarem ao governo, ao poder. E quem ajuda essa gente a chegar mais longe do que merece? Pessoas escondidas, difíceis de identificar, com dinheiro e interesses específicos, pessoas que querem que lhes sejam reduzidos os impostos, libertadas as facilidades de fazer dinheiro e com agendas estranhas. A recente discussão em torno de um artigo racista foi seguramente um dos píncaros desse fenómeno, mas ele continua por aí, fácil de identificar.  Se um dia o populismo a sério chegar ao país, saberemos a quem atribuir uma parte importante da responsabilidade. No entretanto, é bom estarmos atentos e denunciar a mais pequena coisa. Não deixemos normalizar o discurso do mal. Há quase uma década, o perigo foi a troika, que venceu e prejudicou o país durante mais de quatro anos. Agora, o perigo é o do populismo. Curiosamente ou não, os mentores são praticamente os mesmos - assim como os interesses. 

Comments

Feed You can follow this conversation by subscribing to the comment feed for this post.

Verify your Comment

Previewing your Comment

This is only a preview. Your comment has not yet been posted.

Working...
Your comment could not be posted. Error type:
Your comment has been posted. Post another comment

The letters and numbers you entered did not match the image. Please try again.

As a final step before posting your comment, enter the letters and numbers you see in the image below. This prevents automated programs from posting comments.

Having trouble reading this image? View an alternate.

Working...

Post a comment

Your Information

(Name is required. Email address will not be displayed with the comment.)