Envelopes e previsões
A dívida (e a saída do euro)

De mansinho

Dinheiro aqui e ali para manter a candeia da troika acesa parece que não falta. Há pelo menos três jornais tradicionais deficitários nesse jogo, incluindo um que era neutro e deixou de o ser, ainda outro mais ou menos lucrativo que também lá está e dois jornais online de grande gabarito. Em jornais, isto é mais do que legítimo: cada um pensa como quer e a mais não é obrigado e se há quem tenha dinheiro para gastar assim, que o gaste. Não faz grande serviço social, mas nem toda a gente a isso é obrigada. Mas não há mesmo ninguém que chegue até ao outro lado da barreira do pensamento que tenha meios e disponibilidade para fazer um jornal equilibrado, online ou não? De certeza que há. Não há interesse? É falta de tempo, de entendimento, o que é? Depois não se queixem. Bem sei que as "redes sociais" cobrem em parte essa função. E com sucesso. Programas de televisão pró-troika que são vistos por 10 mil pessoas, se tanto, são depois criticados, muitas vezes com humor do bom, em ambientes que atingem o dobro ou mais de pessoas. Mas um jornal sério faz mesmo falta. Não basta o queixume. É que a candeia da troika mantida acesa, de mansinho, traz sempre resultados. Como quem a mantém sabe e bem. 

Comments

Feed You can follow this conversation by subscribing to the comment feed for this post.

Verify your Comment

Previewing your Comment

This is only a preview. Your comment has not yet been posted.

Working...
Your comment could not be posted. Error type:
Your comment has been posted. Post another comment

The letters and numbers you entered did not match the image. Please try again.

As a final step before posting your comment, enter the letters and numbers you see in the image below. This prevents automated programs from posting comments.

Having trouble reading this image? View an alternate.

Working...

Post a comment

Your Information

(Name is required. Email address will not be displayed with the comment.)