Sondagens
Os próximos passos

Não facilitem tanto a vida ao Costa

Primeiro, era a Alternativa, onde está a Alternativa? Veio, através de um Grupo de Trabalho. Grupo de trabalho? Queremos é as contas, onde estão as contas? Vieram as contas, com “modelo macroeconómico” e tudo. Contas, mas quais contas? Queremos o Programa, onde está o programa eleitoral? Lá veio o Programa Eleitoral. Tudo a seu tempo, com o tempo de quem tem tempo. Depois, o Acordo onde está o Acordo? Nunca mais vem o Acordo? Lá vieram três acordos. E um Programa de Governo. Três acordos? Estão loucos? Irresponsabilidade! Queremos um Acordo, não três, não uma manta-de-retalhos. Onde está o Acordo? Queremos o Acordo! Já se está a ver que virá aí uma resposta à altura. Desta vez, possivelmente, dirigida em pessoa ao Presidente da República, que é o grande farol de tudo isto. Entretanto, paralelamente, ainda há mais. Onde estão os ministros do BE e do PCP, onde estão os outros ministros? Queremos ministros do BE e do PCP! Pois, não sabemos as cenas dos próximos capítulos, mas, se for como até agora, lá para diante ainda teremos um reforço com ministros dos três partidos. Libertem-se as mentes e venha um pouco mais de inteligência. Assim é demasiadamente fácil para o Costa. É que só há a ganhar, nada a perder, se se pensar bem. Ou então estou mesmo a ver mal as coisas. E uma pergunta: esta coordenação dos media e comentadores da "situação" é feita onde, por que vias? É nalguma cave, nalgum café? Ou é só mesmo por simbiose natural, de espírito? Não há dúvida de que é um fenómeno deveras impressionante. Embora intelectualmente não muito interessante.

Comments

Feed You can follow this conversation by subscribing to the comment feed for this post.

The comments to this entry are closed.